quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

[1400] Quarta-feira, é dia de concurso no Praia de Bote. Eis o 33!

Trata-se de cimento religioso, dissemos nós no aviso deste concurso. E é-o, de facto. De cimento, pedra, cal e tinta de água... São pormenores de igrejas de São Vicente, Santo Antão e Santiago. Fogaréus e campanários numerados e a nomear pelos concorrentes, com indicação da igreja a que pertencem, pela ordem que aqui vai, como aconteceu com as ferragens de varandas em concurso anterior. Que ganhe o melhor e como sempre vale tudo, menos tirar olhos. Pd'B só dá algumas pistas, em modo negativo: nenhuma das igrejas é da Ribeira Grande de Santo Antão nem do Porto Novo nem da metade Norte da ilha de Santiago. Quanto ao resto, desenrasquem-se e olhem que há duas rasteiras. O concurso termina pelas 22h00 de dia 26 (hora de Lisboa).

REPETIMOS:

Nenhuma das igrejas é da Ribeira Grande de Santo Antão (também conhecida como Povoação) nem do Porto Novo (antigo Porto dos Carvoeiros) nem da metade Norte da ilha de Santiago. E as duas rasteiras nada têm a ver com estas duas cidades.

REAJUDAMOS:

Em Santo Antão, uma igreja é-o MESMO.

1
2
3
4
5
Em jogo, um ramo de acácia


15 comentários:

  1. Ora, amigo Dajck, aqui está um concurso interessante. Aquilo das grades de varanda ia dando comigo em doido, rapaz. Vou começar a trabalhar, não agora mas amanhã de manhã quando o galo cantar num desses campanários.

    ResponderEliminar
  2. Convém é não abafar o post com outras coisas porque assim o pessoal não vê o concurso ou não se estimula o suficiente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como acima se diz, "quarta-feira é dia de concurso"...

      Braça,
      Djack

      Eliminar
  3. 4 - Parece-me a Igreja da Povoação Sº Antão
    3- Parece-me a Igreja matriz da Praia
    2 - Parece-me a Igreja de S. Vicente na Pracinha (ou talvez o 5)
    O rsto não sei

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro José, não leste as indicações do concurso com o cuidado que elas requerem. Diz-se ali a vermelho "nenhuma das igrejas é da Ribeira Grande de Santo Antão". Ora, como sabemos, Povoação é o nome pelo qual a cidade também é conhecida. Cá para mim, estás a espalhar a confusão para ficares com o ramo de acácia. Mnine d'Soncente é bem budsóde...

      Eliminar
    2. Creio ter identificado 4 delas, sendo que duas das fotos são da mesma igreja...Assim, temos N.S.Luz (S.Vicente), N.S.Graça (Praia) e Chã de Igreja (S.Antão), sendo que, da primeira, há duas imagens...Estarei no bom caminho?

      Eliminar
    3. Atrevo-me a propor o seguinte...Imagem 1 - N.S.da Luz - Antiga - (S.Vicente); 2 - N.S.da Luz - Moderna (Mindelo)) - 3 - N.S. da Graça (Praia) - 4 - Chã de Igreja (S.Antão) e 5 - N.S. da Luz - Moderna (Mindelo) - As imagens 2 e 5 reproduzem cada um dos dois pináculos da Igreja...

      Eliminar
  4. Zito progride mas apresenta as respostas em bloco, o que não adianta nada e só gera confusão. Sem numerozinhos atrás, nada feito. Isto aqui não há condescendências com radialistas que hoje apresentam Mar Azul em primeiro lugar no programa "Mornas de hoje e de sempre" e amanhã guardam a mesma música para antes do noticiário. Ordem, meus senhores, ordem que isto não é um concurso da Rádio de Alguidares de Cima...

    ResponderEliminar
  5. Acho que um Concurso com tantas rasteiras mereceria, pelo menos, 10 ramos de acácia!!!!!!!!!!
    Braça liturgico
    Zito

    ResponderEliminar
  6. Ah, lá colocou pos números. Vamos ver como se portou agora...

    ResponderEliminar
  7. 1 - Igreja de N.S. da Luz, Mindelo, ANTIGA
    2 - Idem, Idem, MODERNA
    3 - N.S. da Graça, Praia
    4 - Ihgreja de Chã de Igreja, S.Antão
    5 - N.S. da Luz, Mindelo, MODERNA

    ResponderEliminar
  8. Tens toda razão Povoação Sº Antão fica na Rª grande. Falta de palmatória de mnin de soncent pois estava na dúvida.

    ResponderEliminar
  9. Eu já pressentia que desta vez ia levar sopa porque nesta matéria sou um bocado impreparado. Só a minha avó materna é que frequentava igrejas. Mais ninguém na minha família. Mesmo assim, enviei em devido tempo 5 pombos-correio em direcção às ilhas (fui fazer a revisão do carro esta manhã), mas recebi há pouco a notícia de que o vento os desviara para o Senegal. Ao sobrevoarem uma mesquita, pensando que era igreja cristã, um imã esconjurou-os, ao perceber ao que iam. E os coitados por lá andam a ver como fazer inversão de marcha até ao campanário da igreja matriz de Tomar.
    Com muito gosto, dou os parabéns ao Zito.

    ResponderEliminar
  10. Bravo Zito! Boa!!!

    Estou a chegar do Tarrafal. Fui pela Serra da Malagueta e vim pelo litoral. Podem crer que parei diante de tudo quanto eram igrejas pelo caminho. De qualquer forma devo confessar, não chegaria lá.
    Desta vez estou estupefacta! Zito é "PROPE BOM"!
    Abraços
    Ondina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, amiga mas devo confessar que tive a ajuda do Google e, claro, de alguma perseverança investigadora...Calhou não me ter deixado enganar pelo excesso de imagens de uma mesma igreja...
      Braça
      Zito

      Eliminar