quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

[1897] Um ex-fuzileiro, actual aviador... e sempre cabo-verdiano

O anúncio é da TAP, como desde logo se percebe. As duas meninas e o elemento do lado direito, não os conhecemos. Mas o jovem do lado esquerdo, antigo oficial fuzileiro português e hoje piloto TAP tem todos os genes cabo-verdianos. É o Nelson Fortes Lima, com quem almoçámos algumas vezes (numa delas uma excelente cachupa feita por uma angolana) e já nos ofereceu um bom lote de imagens fotográficas como a que vemos abaixo. Quando voa para Cabo Verde e está a chegar às ilhas fala em crioulo com os passageiros. Um deles, o Tito Paris, quase chorou e foi agradecer-lhe ao cockpit a atenção, à qual não estava habituado. Bom português e bom cabo-verdiano, portanto - que é o mesmo que dizer: duas excelentes coisas na mesma pessoa...



3 comentários:

  1. Aproveito este ensejo para aqui homenagear a memória de outro m'nin de soncente que foi comandante da TAP, meu grande amigo de infância, JOSÉ MANUEL MORBEY RAMOS PEREIRA, irmão mais velho do Jorge Morbey, que costuma aparecer na rede e da Laurinha, viuva do também saudoso Gabriel Mariano!
    Braça saudoso,
    Zito

    ResponderEliminar
  2. Pequenas gestos que acabam por ser grandes.
    Bravo ao conterrâneo.
    V/

    P.S. - Lembro-me do José Manuel que vi pela ùltima vez nos principios dos anos 50. Depois so encontrei uma vez a Laurinha quando quis falar com o Gabriel mas... nada consegui e deixei de parte o que pretendia fazer.
    Vai um abraço à "Madona Laura" e ao Jorge

    ResponderEliminar
  3. Creio que já vi este conterrâneo comandante da TAP. Realmente, foi de invulgar simpatia o seu gesto.

    ResponderEliminar